Estímulo da retina é algo fundamental para quem enfrenta problemas de visão como Descolamento, Retinose Pigmentar, Membrana Epirretiniana, Derrame,  Glaucoma, Trombose, Diabetes e Toxoplasmose. A retina é conhecida popularmente como fundo do olho.

Além disso, depois do cérebro, a retina é a região do corpo que mais exige circulação de sangue para funcionar 100%. Por isso, é tão importante trabalhar e estimular a demanda sanguínea, com exercícios especiais, nos casos das alterações citadas anteriormente.

Estímulo da retina com luzes que piscam

Um dos melhores exercícios para estimular as células fotorreceptoras da retina é o das luzes piscantes. Esse tipo de luz é muito utilizada hoje em festas e shows. Pode ser encontrada em lojas de brinquedos e no comércio popular.

Assim, para fazer essa sequência, sente-se primeiro em um ambiente o mais escuro possível. Faça o exercício Palming por cerca de seis minutos. Na sequência, cubra o olho mais forte com a mão, um pano ou tampão. Ligue a luz piscante e segure-a cerca de 30 cm do olho descoberto.

Dessa forma, você consegue perceber quando está acesa e quando está apagada? Consegue distinguir suas cores? Perceba as nuances de cores, movimentos, ou o simples fato da luz estar acesa ou apagada. Assim, sem sua cabeça se mexer ou acompanhar os olhos, mova a luz para os lados, para cima e para baixo. Por isso, perceba até quando você consegue vê-la.

Descubra uma área em que a luz fique menos visível ou não visível. Segure a luz em frente a esta área, feche os olhos e visualize (imagine) que você a vê claramente. Abra os olhos e continue olhando para a luz. Repita algumas vezes essa visualização. Perceba se a imagem da luz está ficando mais clara ou brilhante.

Visão noturna também é estimulante para a saúde da retina

Dessa forma, o banho no escuro é um hábito que contribui bastante para a manutenção da saúde visual e funciona como um excelente estimulo para a retina. Assim, você deve desligar a luz e tomar banho no escuro.  É  uma ótima oportunidade para descansar sua visão de um dia tão exaustivo. Como nosso corpo, os olhos também precisam de descanso – e não só quando estamos dormindo. Lembrando de cuidar com a segurança, para não esbarrar, tropeçar ou se machucar, pois o ambiente estará mais escuro do que se está acostumado. 

Assim, mesmo no escuro relaxante, lembre-se de deixar seus olhos abertos e sempre piscando de maneira suave. No final você vai perceber a diferença que isso traz para nossa vida. Muitas pessoas dizem que, depois que criaram esse hábito, passaram a ter uma visão noturna muito melhor. Até mesmo quando mudam de ambientes – do escuro para o claro ou vice-versa -, a transição leva menos tempo para acontecer.