IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação. Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

Má alimentação x problemas de visão. Este é o tema central de uma pesquisa feita na Universidade de Bristol, no Reino Unido, e publicada recentemente (em setembro de 2019) nos anais de medicina da instituição de ensino. No entanto, essa correlação entre dieta e problemas visuais já vem sendo estudada e entendida pelos pesquisadores. O caso de um garoto de 17 anos — que havia perdido praticamente 100% da  visão — chegou até uma pesquisadora da Universidade de Bristol. Ela e outros estudiosos foram investigar o motivo da perda da visão do jovem, pois ele não apresentava nenhum sintoma ou problema ocular anterior.

No entanto, antes de entrar especificamente neste caso, quero salientar aqui que é importante você saber que as pesquisas vêm comprovando (e já comprovaram, na verdade), pois eu já trouxe vários estudos mais antigos e recentes na série A Ciência por Trás que o funcionamento dos olhos não depende somente da genética. Ou seja, seus problemas visuais não estão condicionados só aos fatores genéticos, mas também aos maus hábitos. Esse estudo específico está ligado a um mau hábito alimentar.

Má alimentação: protagonista da pesquisa só comia “junk food”

Assim, depois de investigarem a fundo o caso desse jovem, a descoberta dos cientistas foi surpreendente: ele só se alimentava de “junk food” e salgadinhos e a esse mau hábito foi atribuída a perda de visão com diagnóstico de uma neuropatia, um problema no nervo óptico. Em seu estudo, a pesquisadora destaca que maus hábitos podem causar problemas de visão. Bem, pense comigo: isso nos faz refletir, então, que bons hábitos podem melhorar a qualidade da saúde dos olhos!

Dessa forma, se você começa a evitar esse tipo de alimento e, ainda, somar com exercícios visuais tem melhores chances de conseguir diminuir a dependência de lentes, de óculos e de cirurgias para enxergar melhor. Ou seja, isso significa que existe uma caminho alternativo e que pode ser aliado a todos os tratamentos que você já fez ou faz e que pode acelerar a sua melhora visual.

Para fechar esse estudo que investigou a relação da falta de visão com “junk food”, foram feitos vários exames de sangue desse garoto que só consumia esse tipo de alimento. E adivinhem só quais as vitaminas que mais careciam na listagem dos hemogramas dele? Mas, antes, quero dizer aqui que esse jovem tinha peso e altura normais, seu ICM (Índice de Massa Corporal) também estava OK. Assim, as vitaminas que estavam em níveis muito abaixo do normal eram as do tipo B12 e D, que são superimportantes para a saúde visual. E o Zinco se encontrava muito acima do normal, o que pode denotar alto consumo de alimentos industrializados.

Dessa forma, para estacionar os efeitos da perda de visão desse jovem de 17 anos causada pela má alimentação, os pesquisadores resolveram tratar o problema com superdoses de vitaminas, que foram injetadas diretamente no sangue desse rapaz. Nesse caso, eles conseguiram parar a perda visual dele. Eu vou falar aqui quais são essas vitaminas e também os alimentos importantes para a saúde dos olhos.

Saiba quais são os alimentos mais indicados para a saúde dos olhos

Assim, é necessário cuidar da alimentação, consumir alguns alimentos específicos e investir em exercícios visuais regulares para trabalhar a circulação sanguínea. Porque se não temos uma boa chegada de sangue até os vasos sanguíneos oculares, todo o mecanismo ocular fica comprometido. Por isso, precisamos trabalhar a circulação e os músculos dos olhos com a prática de exercícios.

Mas, antes de tudo vou falar quais são os alimentos que você precisa consumir. A vitamina é a do tipo A, que pode ser encontrada na popular cenoura. Quanto mais cru ela estiver, melhor. Faça sucos ou consuma ralada em saladas. Outra substância essencial para a saúde visual é a Luteína (encontrada em grande quantidade na mácula), que não é produzida pelo corpo. Por isso, temos que consumir alimentos com folhas verde escuro e também ovos. Eu recomendo suplementar com Luteína, Astaxantina, Magnésio, Ômega 3, entre outras.

Cegueira por má alimentação: confira abaixo todas as informações sobre a pesquisa

https://tatigebrael.com/artigo-cientifico-aula

Acesse no vídeo abaixo a série sobre o estudo e, ainda, exercícios visuais específicos para ativar a circulação sanguínea dos olhos

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.