IMPORTANTE
Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação. Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.

6 perguntas frequentes sobre Miopia para que você possa “quebrar” alguns mitos relacionados a essa alteração, que acomete grande parte da população. Alguns estudos até dizem que em 2050 mais da metade da população será míope. Nós queremos sair dessa estatística, certo?

E, para isso, a dica é simples: cuide da verdadeira causa do seu problema visual. Os exercícios do método estão aí para isso. Mas, antes quero que você tenha acesso a algumas informações que talvez possa desconhecer. Dessa forma, elas vão fazer você entender como a prática pode ajudar a melhorar sua visão de maneira natural.

Aqui, eu relacionei as 6 perguntas frequentes sobre Miopia

1. Por que o grau de MIOPIA só aumenta a cada consulta com o médico oftalmologista?

O uso do óculos é uma solução imediata, pois eles corrigem o problema mas nunca atacam a verdadeira causa do problema de visão. Assim, costumo dizer que os óculos são como muletas, por alguma razão ou acidente você não consegue andar por aí, então, precisa se escorar em algo, nesse caso uma muleta. Mas, em nenhum momento a muleta irá curar o problema. É só tirar a muleta e você cai. Dessa forma, é só você tirar os óculos e você volta a enxergar embaçado.

Assim, o que acontece é que geralmente não descansamos os olhos, usamos computador o dia todo e sofremos com o estresse. Existem inúmeras causas de problemas visuais, mas uma das principais delas é o cansaço visual. E, ao invés de adotarmos hábitos saudáveis de visão e descansarmos os olhos, colocamos os óculos, e continuamos com os mesmos hábitos, uso excessivo do computador, estresse… Os maus hábitos de visão continuam sendo os mesmos, então não é surpresa quanto voltamos a consulta ao médico e constatamos que a graduação dos óculos aumentou.

2. MIOPIA tem origem genética?

Um estudo da BBC comprovou que só 10% dos casos de Miopia acontecem devido à genética. Dessa forma, a pergunta é: e os outros 90%? A pesquisa indicou que a falta de exposição à luz do sol é um fator que causa Miopia. Isso porque nós vivemos cada vez mais em ambientes fechados, entre quatro paredes, e não aproveitamos para fazer atividades ao ar livre.

Assim, quando estamos dentro de casa ou do escritório, a luz solar quase não entra no ambiente. Ao invés disso, utilizamos lâmpadas cada vez mais potentes e luzes artificiais, que não trazem o mesmo benefício do sol. Isso porque a luz solar nutre os olhos e estimula a fixação de vitamina D, que cuida da saúde do cérebro e do sistema imunológico, além de regular a saúde visual.

3. Por que — em geral — MÍOPES têm alta Sensibilidade à Luz do Sol?

Como são muito dependentes dos óculos, é como se os olhos ficassem o tempo todo congelados. Por isso, é preciso fortalecer a íris para combater a sensibilidade à luz e é ai que entram os exercícios visuais!

E também é importante sempre ter em mente que a luz é o alimento de seus olhos. Não adianta fugir dela. Quanto mais seus olhos se alimentam, mais fortes eles ficam.

Um desses exercícios é o Sunning, que com pouco mais de cinco minutos de prática por dia, pode diminuir muito a sua sensibilidade à luz. É possível sentir os resultados em poucos dias.

E não se engane, esse enfraquecimento da íris não provoca só um gasto com óculos escuros. Sem a força para “fechar” direito a pupila, você perde foco, já que quando tenta prestar atenção em um objeto menor ou em separado a tendência é criarmos no olho a mesma função da luneta, como se enxergássemos através de um pequeno túnel.

4. MIOPIA e Astigmatismo andam sempre juntos?

Esse é um questionamento comum entre as 6 perguntas frequentes sobre Miopia. Em geral, são dois problemas visuais que vêm associados. Muitas vezes, a Miopia vem associada ao Astigmatismo (alteração visual e pode resultar em uma visão borrada ou distorcida em todas as distâncias, independente do grau da doença). Tanto para a Miopia quanto para o Astigmatismo os exercícios também são muito benéficos.

Em muitos casos, a Miopia surge como consequência da sobrecarga de uso dos olhos e também por questões emocionais. Por isso, ela pode melhorar com exercícios, bons hábitos e tratamento. A palavra chave para o trabalho com a Miopia é paciência.

E, sim, é possível, e nestes anos trabalhando com o método de tratamento natural da visão me deparo frequentemente com a diminuição do grau dos óculos e melhora da visão de longe dos meus alunos.

Porque, ao colocar os óculos, nós acabamos engessando os olhos naquela condição e ficando dependentes do uso deles. Assim, incentivamos nossa visão a funcionar em mau estado ao invés de tratar a raiz do problema. Por isso, o grau dos óculos tem a tendência de sempre aumentar quando você vai em uma consulta ao oftalmologista.

 5. Como posso reduzir a dependência dos óculos?

Eu sei o quanto a dependência desse acessório incomoda muita gente! E o mais importante: também já observei o quanto usar os óculos para tudo na vida pode — por vezes — afetar diretamente a qualidade e manutenção da saúde dos olhos! Por outro lado, tenho conhecimento que você pode e deve reduzir o uso dos óculos com alguns passos simples e que já podem ser colocados em prática desde já e, assim, deixá-los de lado em vários momentos do dia!

=> Pratique os exercícios para seu problema visual. Isso vai fazer com que seus olhos fiquem cada vez mais fortalecidos. Podemos comparar a prática com uma caminhada ou sessão de alongamento e relaxamento: quanto mais você exercitar seu corpo de forma correta, melhor será sua performance e definição muscular. Assim, a tendência é que quanto mais você praticar os movimentos visuais, menos necessidade sentirá de usar o acessório.

=> Ao acordar, não coloque os óculos. Vá ao banheiro, escove os dentes e complete todas suas necessidades sem eles. Essa é uma dica importante. Você estará em um ambiente tranquilo e não verá perigo nisso.

=> próximo passo é conseguir seguir em frente. Ir depois até a cozinha, fazer seu café e até comer. Cada vez mais você só irá colocá-los quando for trabalhar ou dirigir seu carro.

=> Na hora do almoço, ou quando estiver conversando com os outros, tire os óculos. Coloque-os de volta apenas quando for ler, trabalhar ou estudar no computador, ver TV ou usar o celular.

=> Fuja dos óculos do tipo multifocal. Assim, você fica menos dependente. Seu uso tende a fazer com que nossos olhos fiquem ainda menos capazes e mais dependentes dos óculos.

6. Quais são os melhores exercícios para MIOPIA?

Além da mudança de hábitos como moderar o uso dos óculos de sol e expor de forma inteligente os olhos à luz natural, é preciso exercitar a visão. Então, segue uma pequena lista com os movimentos que você investir para cuidar de Miopia.

Olhar Longe:
Treinar o olhar à distância é essencial para quem sofre de miopia. E isso sem óculos! Quebre esse preconceito de que é difícil ver longe sem óculos.

– Exercitar a Visão Periférica:
Míopes são muito dependentes de óculos, cujo o uso estimula (e sobrecarrega) somente a visão central. Assim, além de exercitar a visão à distância, precisam treinar a visão lateral com exercícios específicos.

– Sunning e Palming:
Dois exercícios indispensáveis no programa de treinamento visual, que vão movimentar seus olhos. Ou seja, vão influenciar na melhora deles e auxiliar no tratamento da miopia.

– Aguçar a visão de detalhes:
Como fazer isso? Simples, com a visualização, imaginação e sua mácula.
Você vai focar na placa, prédio ou na nuvem, fechar os olhos e imaginar que essa paisagem chegou mais perto de você. Ai, você abre os olhos e continua olhando.

 

IMPORTANTE

Os exercícios visuais NÃO substituem o tratamento médico oftalmológico convencional. Consulte regularmente o seu oftalmologista, pois o método de exercícios naturais para os olhos é complementar à sua saúde visual. Não desautoriza nem desestimula, de forma alguma, a continuidade do tratamento médico oftalmológico.
Em caso de dúvida ou desconforto em seus olhos, procure o médico oftalmologista. Só ele é autorizado a fazer diagnósticos e a receitar ou suspender qualquer tipo de medicação.Não se automedique nem suspenda qualquer tipo de medicamento ou de tratamento sem a autorização do seu médico oftalmologista.